encontro_gloriense_escritores

Não, o texto desta semana não versará sobre direito, pelo menos não tão diretamente. Dessa vez vou lhes falar sobre emoções. E que emoções! O 1º Encontro Gloriense de Escritores, iniciado dia 21 de setembro e concluído propositalmente na data do aniversário de nossa cidade, dia 26 do mesmo mês, foi marcado por fortes emoções e por uma revolução cultural e educacional nunca antes vista no município.

Foi uma semana de intensas atividades literárias e artísticas e que teve seu ápice no último sábado, dia 26, com o lançamento da 1ª Antologia do EGE. A obra foi o resultado de uma participação maciça dos escritores do município, dos membros da Academia Gloriense de Letras – AGL, dos membros da Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano – ALAS e, com importante destaque, dos jovens talentos premiados pelo concurso literário professora Maria Iracema dos Santos (diga-se de passagem, homenagem merecidíssima a essa importante educadora que o nosso município teve a honra de ter).

Quanto aos jovens talentos despertados pelo EGE, não há palavras que possam descrever o que presenciei. Esses jovens demonstraram um monstruoso talento literário e poético. Se depender deles, nossa cidade estará muito bem representada nas letras, futuramente. Por tudo isso, tanto como escritor participante do EGE como cidadão, agradeço a toda equipe que idealizou e concretizou o evento. Indubitavelmente, foi o maior presente de aniversário que Nossa Senhora da Glória já recebeu.

Os agradecimentos não param por aqui. Agradeço imensamente a todas as pessoas (leitores ou apenas espectadores curiosos) que compareceram em todas as atividades desenvolvidas pelo EGE, principalmente no último dia, o dia da culminância e encerramento do evento. Sem dúvida, vocês abrilhantaram o evento! Agradeço também a todos aqueles que compraram a antologia. Saibam que além de valorizar a cultura de nossa terra, o suado investimento de vocês contribuirá para a manutenção do Lar de Caridade Sagrado Coração de Jesus (asilo dos idosos) localizado ao lado da Escola Municipal Tiradentes. Aproveito e informo que quem não pôde estar no dia e quiser comprar a antologia, pode se dirigir até a secretaria paroquial do município que ainda tem exemplares à venda.

Portanto, o EGE foi um sucesso e o será por longos anos, principalmente se isso depender das academias de letras do município, dos novos poetas e escritores revelados, dos novos poetas e escritores que se revelarão e, principalmente, de uma GLÓRIA DE LEITORES que temos hoje e dos que ainda estão por vir.

Tiago Vieira

Crônica Originalmente Publicada no Portal Mais Sertão, na Coluna Jurídica DIREITO EM “PAPO RETO”, sob o link: 1º Encontro Gloriense de Escritores: uma Glória em Glória

Anúncios

Compartilhe conosco sua experiência com este blog. Deixe-nos um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s