PRENÚNCIOS: DILMA OU TEMER E OS JOGOS VORAZES

Publicado: 18 de abril de 2016 por Tiago Vieira em ARTIGOS DE OPINIÃO - COLABORADORES
Tags:, , , ,
Imagem compilada do site: adorocinema.com

Imagem compilada do site: adorocinema.com

O artigo dessa semana não é uma sinopse do filme do Jogos Vorazes. Todavia, qualquer semelhança com a política brasileira, talvez não seja mera coincidência. O Blog DISSERTANDO SOBRE DIREITO recebe mais um artigo de ALAN WASHINGTON CÂNDIDO ETELVINO, que cursou o bacharelado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão – UFMA, embora não tenha concluído o curso. O autor, em seu artigo logo abaixo, traz uma análise comparativa entre o filme Jogos Vorazes e nossa situação política atual, sobretudo após os acontecimentos do último 17 de abril de 2016. É uma análise crítica e que, infelizmente não se aparta tanto da realidade cinematográfica. Leiam, discutam, curtam, critiquem e fiquem bastante à vontade para compartilhar.


Cinema e realidade em inúmeros casos se encontram, apresentando semelhanças, em alguns casos, assustadoras. Exemplo emblemático é a relação entre a saga “Jogos Vorazes” e a política brasileira, mais precisamente, o processo de impeachment da presidente Dilma. Evidentemente quem assistiu aos filmes pode pensar, acertadamente, que a proximidade reside na briga pelo poder. No entanto, a questão é mais profunda e exige maior atenção. No transcorrer da saga e, principalmente, no derradeiro episódio os verdadeiros desígnios dos contendores pelo poder aparecem. Justamente neste momento, podemos desenvolver uma reflexão para com a realidade política do Brasil.

Nos minutos finais da última parte há um evento que chocou o espectador: um avião da capital sobrevoa pessoas convidadas pelo presidente Snow para se refugiar em sua mansão, quando para a multidão são jogados presentes os quais explodem matando crianças e inocentes. Nessa ocasião, todos que assistiam à cena sentiram-se revoltados bem como desejosos de ver o Presidente Snow condenado pelos seus crimes. Tal sentimento é semelhante ao que temos em parcela considerável do povo brasileiro tanto em relação ao processo de impedimento da chefe do Executivo Nacional, quanto a cada nova notícia advinda da Operação Lava Jato.

A coincidência não se resume somente à volição vingativa contra alguém cuja má administração associada a escândalos de corrupção levaram o país a uma grave crise econômica. Existem outros aspectos de identidade como: a acusação de afronta à lei orçamentária que fundamenta o impeachment; e a alternativa de poder para substituir Dilma e o PT.

Após a queda do tirânico governo da Capital, já em prisão domiciliar Snow confessa que a jogada de sua adversária, a Presidente do distrito 13 Alma Coin, foi genial, pois ela disfarçou uma de suas aeronaves como se fosse da Capital para bombardear os familiares dos soldados fiéis ao Presidente de Paneia, conseguindo derrotá-lo. Aqui no Brasil, o Vice-presidente utilizou-se de ardil parecido: assinou três dos vários decretos que configuram a afronta à lei orçamentária. Mas, o pedido de impeachment não inclui o nome do vice, o advogado constitucionalista, Michel Temer, o qual alega que apenas assinou os decretos quando substituía a Presidente Dilma – figura jurídica análoga à manus longa do Direito Penal. Vale lembrar que esta ficção jurídica pede passagem para caracterizar situações nas quais o verdadeiro criminoso utiliza-se de um terceiro como se fosse uma marionete para realizar seus desígnios ilícitos. O problema é imaginar um constitucionalista assinar decretos violadores da lei orçamentária anual, por conseguinte afrontosos à lei de responsabilidade, apenas porque estava temporariamente no cargo presidencial.

O outro ponto de convergência refere-se aos atributos de quem vai substituir os mandatários máximos do poder executivo, haja vista que ambos preservam as qualidades contestadas por seus oponentes. A Presidente Alma Coin revelou-se tão cruel e tirânica quanto o Presidente Snow. No Brasil, Michel Temer e o PMDB mostraram-se igualmente corruptos a quem pretendem afastar do governo: PT e Dilma. Cabe frisar que o Ministro do STF Luís Roberto Barroso afirmou: “é essa a alternativa de poder”.

O que resta ao povo brasileiro é torcer por uma terceira coincidência: o surgimento de uma Katniss Everdeen, ou seja, alguém no país capaz de ver além das aparências, para superar esse momento de conturbação política, econômica e social. Candidatos existem, como: o TSE que pode impugnar a chapa eleita, promovendo novas eleições – como ocorreu no final do filme com a morte dos dois tiranos: Snow e Alma Coin.

 

Por ALAN WASHINGTON CÂNDIDO ETELVINO

Anúncios
comentários
  1. Antonio Ferreira disse:

    É verdade, ontem 17/04/2016 realmente vai entrar para a historia do nosso país, pois nunca ví em toda a minha vida “e olha que não sou tão novo assim”, um circo tão grande e tão bem montado, quero deixar claro que não estou aqui defendendo “A” ou “B”, não sou a favor ou contra, mas sou realista, gostaria que tudo aquilo fosse verdade e realmente houvesse uma mudança na política em nosso país, gostaria que se tirasse mas todos sem exceções, não admito que alguém que esta sendo acusado de roubo me chame de ladrão, que direito tem esse para tal, e vejo uma palhaçada um verdadeiro circo onde todos só se preocupavam em se degladiarem, como uns porcos famintos, isso que eles são PORCOS FAMINTOS, e pior são nossos representantes legais e constitucionais, pessoas que não sabem nem distinguir as regiões do país, não sabem falar nem o nome dos próprios netos, porque foi isto que nós vimos ontem um festival de homenagens a familiares e até pasmem os mortos. Vejam em que pais estamos e que políticos elegemos, que muitos não pouparam nem o pai e a mãe que já se encontra no repouso eterno ou até mesmo os que nem nasceram ainda, um verdadeiro circo digno de BRASILIA, nem TIRADENTES coitado foi poupado a verdade é que ontem até os tumulos extremecerram, por fim eu gostaria que milhões de Brasileiros que sairam as ruas ontem para protestarem ou “festejarem”, seria melhor eles estarem em casa para verem aquela PALHAÇADA, que foi transmitida ao vivo e em tempo real, para colocarem a mão na consciência e falarem meu DEUS o que foi que fiz e quem foi que eu elegí. Tenho certeza que muita gente nesse meu BRASIL que amo partilham da minha opinião.
    por fim deixo aqui minha indignação como Brasileiro, pela falta de respeito a Casa que deveria ser simbolo de seriedade e justiça em nosso país.

    Curtido por 1 pessoa

Compartilhe conosco sua experiência com este blog. Deixe-nos um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s